Santo de barro


Gosto quando Deus chama o homem de barro em sua palavra (Jeremias 18.6), pois nos dá a verdadeira idéia de quem somos, por mais invenções que possamos criar, por mais descobertas que possamos fazer, por mais poder que possamos ter nessa vida, por mais “santos” que sejamos nunca deixaremos de SER BARRO, frágeis, e incapazes de mudar certas coisas em nós mesmo, dependemos de um oleiro (Deus) que por criar “o santo de barro” (me refiro ao ser humano), entende como trabalhá-lo e sabe como modelá-lo, as lutas e os problemas são fôrmas incríveis que esse oleiro usa para modelar em nós a humildade, seja qual for a escultura que Deus construa com barro e por mais bela que a mesma seja um dia o barro volta ao barro (Eclesiastes 12.7), aproveite a vida, mas antes de pensar algo a mais de si próprio lembre-se você é barro!

Um comentário:

Mary disse...

Que eu possa sempre lembrar que sou barro, e como tal, para me tornar um uma obra prima do oleiro tenho que ser moldada pelas suas mãos. Sabendo que ele fará o melhor para mim pra ele, mas sempre serei barro.